SESSÕES PSICOTERAPIA

  • Modelo: psicoterapia
  • Disponibilidade: Em estoque
  • Price : R$ 1.200,00

psicoterapia é um tipo de terapia cuja finalidade é tratar os problemas psicológicos, tais como depressão, ansiedade, dificuldades de relacionamento, dependência química, separação, luto entre outros problemas de saúde mental.

É um processo dialético efetuado entre um profissional (psicoterapeuta) e o paciente (cliente).

Por ser uma área da saúde mental, a psicoterapia é a principal linha de tratamento para qualquer assunto referente ao psiquismo. Para isso, propõem intervenções psicológicas, cujos objetivos centrais são: 
  • restabelecer o funcionamento psíquico ótimo do paciente;
  • permitir que o paciente compreenda as causas do que lhe acomete para que possa encontrar recursos psíquicos para lidar com suas dificuldades e problemas;
  • desenvolver meios de agir no mundo redefinindo seus traços de personalidade;
  • solucionar problemas pontuais, que o afligem, bem como observar questões de cunho mais existencial.
Como todas as formas de intervenção em psicologia clínica e medicina (psiquiatria), a psicoterapia deve ser executada por profissionais licenciados, junto ao conselhos de psicologia, para prover tratamentos aos distúrbios e transtornos mentais, melhorar o auto conhecimento, melhorar a convicção nas decisões do cotidiano, caminhar em busca da autonomia existencial, entre outras.

As modalidades oferecidas são: psicoterapia extensapsicoterapia breve e aconselhamento psicológico

psicoterapia é um termo mais abrangente, englobando todas as linhas teóricas-científicas (com métodos e resultados) da psicologia moderna. Ainda sob um ponto de vista geral, ou seja, comum a todas as escolas psicoterapêuticas, os efeitos da psicoterapia podem ser analisados sob dois aspectos:

1- O aspecto processual, isto é, que se refere ao trabalho terapêutico em si. Aqui, podem se observar os seguintes efeitos: o fortalecimento do relacionamento terapêutico, a intensificação da expectativa de sucesso do paciente, sensibilização do paciente a fatores que ameaçam sua estabilidade psíquica, um mais profundo conhecimento de si mesmo (auto-exploração) e a possibilidade de novas experiências pessoais.

2 - O aspecto final, isto é, que se refere às consequências da terapia na vida do paciente. Aqui, se diferenciam os micro-efeitos dos macro-efeitos. Os micro-efeitos referem-se aos pequenos progressos que acontecem durante a terapia, entre as sessões: o paciente experiencia novas situações, emoções, novas facetas de si, novas formas de comportamento. Já os macro-efeitos dizem respeito às consequências a longo prazo e às mudanças mais profundas, relacionadas às estruturas mais centrais da personalidade e do funcionamento psíquico: a pessoa adquire novas posturas em relação a si mesma e aos demais, adquire novas capacidades e competências.

Sobretudo, uma terapia realizada com sucesso conduz a um aumento da autoeficácia (self-efficacy), ou seja, da convicção do paciente de ser capaz de lidar com os problemas que o faziam sofrer, o que leva a um aumento da autoestima. Outros efeitos são ainda uma compreensão maior dos problemas que afligem o paciente e da história de vida, que conduziu a eles.

Tanto os micro como os macroefeitos se podem dar em três níveis:
(1) melhora do bem-estar
(2) modificação dos sintomas
(3) modificação da estrutura da personalidade.

Mudanças na estrutura da personalidade só são possíveis depois de uma melhora do bem-estar e dos sintomas.

Quer se ver livre das drogas interna e externamente? Venha fazer as sessões conosco e veja os incríveis resultados.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom

Etiquetas: PSICOTERAPIA ONLINE, PSICOTERAPIA PRESENCIAL, CURA DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA, CURA DAS DROGAS.